sábado, 19 de janeiro de 2008

Breve

Havia resolvido perder por ter me cansado de ganhar,
queria saber qual era o gosto de me acanhar.
Seria fácil de entender, a razão de me perder,
mas o que gostaria era a chance de nunca mais voltar.
Havia ido sem troco no bolso,
fazia da vida platéia eterna,
e precisaria apenas encontrar alguma porta aberta.
Havia me esquecido de sonhar acordado,
resolvi sair completamente destrambelhado.
Havia chorado, mas sem razão para sofrer,
apenas um fardo
criado e calculado.

2 comentários:

Uma vencedora disse...

A sua escrita é perfeita e quem acerta sempre na mão é vc!!!

Arrebentou...

Bjs

Janaína

BABI SOLER disse...

Já me perdi muitas vezes em emoções, ações e falas e agora me perdi nessa leitura deliciosa que não consigo descrever.

Adoro suas visitas e os comentários poeticos que vc deixa no blog.

Um beijo e boa semana!