quarta-feira, 24 de setembro de 2008

POEMA




Entre os ares

Decida ser o que quiser
Um anjo
Ou um malmequer.
Basta coragem de viver
Fazendo bem
Ou o que se atrever.

Perfuma a voz
Para querer amar
Perguntando se possível é
Perder-se para achar.

Escolha devanear ao vento
Colhendo madura tempestade
Inundando o que nunca plantou
Mas que pra ti floresceu...
Dispondo de ausência
Para controlar a fúria apaixonada;
São ventos que penteiam os campos de trigo,
São os passos que encantam
A
Dama.

E...
Se lá vai coragem de cometer:
- Bom te ver!
Delonga o ímpeto de propósito
Esperando tirar o viço dos entreolhares
Entre palavras...
Adornando as tormentas cobertas
Meia-calça,
Meia voz,
Meio tom,
Todo despropósito.

Fez de sombra o corpo
Sobreposto,
Calado...
Ruídos...
Cometendo a justiça real de liberdade
Cuidando de esquecer
Só para ver chegar.


(Hallais, 24/09/08)
P.S. - Todos os créditos da imagem para o site http://gallery.photo.net/photo/3279886-lg.jpg
Agradeço desde já.

3 comentários:

Palavras de um mundo incerto disse...

Um poema e tanto que encheu meu ser de devaneio.

Abs meu irmão e bom domingo!!!


Marcos Seiter

Lumena Vilante disse...

Oi Alexandre!!! Engraçado, sempre que visito seu espaço tem uma nova poesia que se encaixa com meus dias em sua múltiplas facetas de fatos...Adorei este!!!
Tenho uma coisa pra te perguntar, eu estou acabando de montar o meu site do Casulo de Mariposa que deve ir ao ar daqui a uns dias, quero pedir sua permissão para recomendar seu blogger no site... Posso?!

Quelquer coisa, meu e-mail é casulodemariposa@gmail.com...

Mais uma vez, devo dizer que suas palavras mudam minha direção até caminhos novos e claros!!! Inté.

Lumena Vilante disse...

Oi Alexandre!!! Engraçado, sempre que visito seu espaço tem uma nova poesia que se encaixa com meus dias em sua múltiplas facetas de fatos...Adorei este!!!
Tenho uma coisa pra te perguntar, eu estou acabando de montar o meu site do Casulo de Mariposa que deve ir ao ar daqui a uns dias, quero pedir sua permissão para recomendar seu blogger no site... Posso?!

Quelquer coisa, meu e-mail é casulodemariposa@gmail.com...

Mais uma vez, devo dizer que suas palavras mudam minha direção até caminhos novos e claros!!! Inté.