sábado, 27 de setembro de 2008

FOCO

Todos os direitos reservados desta foto (Rua Theophilo Otoni - Centro - Rio de Janeiro) para o Fotógrafo ANDRÉ ELIAS. Esta foto faz parte de seu acervo pessoal.

Obrigado estimado amigo, seu trabalho é raro é magnífico.


O quadro é apenas um pano de fundo

No fundo a luz realça a perspectiva
Em tom avermelhado do sorriso
Palhaço
Moço
Que entretém a captação sintomática
Obsessiva, corretiva,
Displástica da teoria
Meticulosa.
Em foco: a aptidão da captura,
Pintando quadro pela ótica
Objetiva,
Canteando sentenciosa, furtando
O enquadramento.
A justaposição da atmosfera
Íntima,
Instintiva...
Autentica as variáveis subjetivas,
Em função do ar contido nos foles,
Tateando o interior opaco
Para a viveza estrangeira
Colidir
Com as superfícies refratoras
Coligindo a imensidão
De um infinito
Hirto.
O impacto efêmero
Encarcerado pela oclusão reservada
Comprime ao seu foco
O ângulo conjugado
Para que o espasmo entre rédeas
Cuide de reservar imortalidade
Ao instante que ainda
Não veio à luz.

(Hallais, Alexandre – Rio de Janeiro, 27 de setembro de 2008)

Para meu amigo fotógrafo. Para André Elias.
É difícil resumir seu instante em palavras, porque a arte do teu DOM é tão bom que dá vontade de ficar a escrever para ti.

6 comentários:

Kari disse...

Que lindo poema!
E que belíssima foto!
Depois que passei a estudar fotografia, começei a olhá-las e percebé-las com outros olhos...

E que linda homenagem, viu?

Um beijão pra tu
e saudades, viu?

Palavras de um mundo incerto disse...

Fala irmão,

um belo poema, que interpreta e bem a vida de um fotógrafo em busca da melhor imagem.

Mano, estou muito feliz pela publicação de um poema meu no blog do PortoPoesia. O PortoPoesia vai acontecer no período de 06/10 a 12/10.

Viva a poesia!!!


Abs e bom domingo!!!

Morena disse...

AIII fotos e poemas!
Que delicia!!!
Seu dom tbm é mtooo lindo viu?!?1
Bjokas
Bom fds

Luma disse...

A foto é magnífica!
Alexandre, tudo bem? Por onde anda garoto?? Beijus

Cláudia I, Vetter disse...

teus tpitulos ecoam todo o resto, é tão bom.

;**

Roberta disse...

Palavras ditas e sentidas meu raro poeta!!!