quinta-feira, 12 de junho de 2008

Chegada

Ela se foi:

- Para toda partida há uma chegada... Gritei!

Ela se foi!

Eu tenho esperado, mas por onde anda a saudade?

P.S. - Neste regresso... estranho tanto quanto a pausa, deixo um beijo especial demais para Kari e Marcos... Queridos, amo vocês!

6 comentários:

Kari disse...

A saudade? Anda sempre com a gente. Não adianta. Ela não vai embora. Resto-nos apenas aprender a conviver com ela. Basta não deixar que ela nos domine, apesar de nunca podermos dominá-la.

Feliz em te ver de volta!
Sei que andas ocupado, mas saiba que sempre estou pensando em tu!
E um beijo especial pra tu também!

Adriano DiCarvalho disse...

Costumo dizer, apesar de triste, que a partida é necessária. Evoluimos com ela e aprendemos que estar sozinho pode ser enriquecedor por alguns momentos. Que a saudade completa um espaço egoísta dentro de nós e nos faz perceber a importância do outro muitas vezes...

Abs

Palavras de um mundo incerto disse...

Mano, não acredito nessa tua bela poesia "...CONTINUA" E NESTE TEXTO "CHEGADA"!!!

Eu e Kari queremos tu de volta e agora? hehhe

Beijos mano e um abraço com todo carinho!!!

Ainda iremos aí no Rio te visitar!!! heherh


Marcos Seiter

*¢£@üD!NhA''' disse...

Aqui; nas palavras e no meu peito..muito prazer, codinome Saudade.

;****

Adriano Veríssimo disse...

Alexandreeeeeeeeeeeeeeeeeee!!

Como senti sua falta!

E isso não é mentira, é a mais pura verdade! Voltei aqui, agora para ver se conseguia seu e-mail para podermos trocarmos figurinhas...Sinto saudade de vc maninhu!

E fico EXTREMAMENTE feliz pelo teu retorno!

Beijo grande migow!

Carolina; respira-me disse...

A partida é a morte nas cartas de tarô.
É o fim de ciclo, inicio de outro.

Olá poeta...
Que bom tê-lo de volta. Suas palavras são aconchego, fazem carinho até. (:
E ler-te é ofegante quando as palavras estão longe, mas nos transmitindo tantos sentimentos.

Clarice disse um dia que a saudade é um dos sentimentos mais urgentes. E é!
A saudade é um apelo dos desesperados, sentimento dos loucos, a saudade é poesia quando nos traz lembranças. Enfim, a saudade é única não é mesmo?!

haha! Um grande beijo!
O casulo é seu!