quinta-feira, 27 de setembro de 2007

E o império contra-ataca!

Tenho pouco a dizer. Palavras parcas e sem graça.
Pego minh mão direita tentando escrever algo bom ou bonito... rasgo mais um pedaço de folha de caderno.
Paro alguns momentos para refletir. Continuar? Deixar o campo de batalha?
Para cada momento ruim que passo, eu transformo minha vida em uma diversão. Não importa que escrevo dessa forma desajeitada, importa é tentar escrever e dizer algo.
Tenho meus amigo, mas sou estranho demais. A culpa é minha, pois adoro me esconder em casa. Sou chato e rabugento. Brigo com as pessoas que amo e faço tudo errado. Sou um saco.
Critico a minha própria classe masculina.
Sei lá...
sou chato.
Ah... ainda tem o seguinte... se eu estive com sono, ninguém agüenta meu mal-humor.

É o império contra-ataca!

Tenho tentado melhorar!

Um abraço.

2 comentários:

Kari disse...

Engraçado, ás vezes quando penso que tenho pouco a dizer e começo a escrever, acabo dizendo tantas coisas...

E tentar melhorar é sempre bom!

Um beijão
Kari

Palavras de um mundo incerto disse...

Eu sou a ovelha negra aqui de casa.

Sou chato.

Mas pra me fazer ficar bem, é simplesmente ouvindo e vendo
a verdade do bem.

Vou ler então!

Estou bem!

Abs!

Marcos Ster