terça-feira, 9 de outubro de 2007

Mictório


Mictório

A sociedade é machista!
Crescem os homens e aprendem que não se deve dizer: vou fazer “xixi”, porque isso é coisa de mulher. Homem que é homem diz que vai “mijar”. “Mijar” é uma espécie de soberania e reverência ao jato quente e amarelado, que geralmente molha, respinga a tábua do vaso sanitário.
Os homens crescem podendo tudo, menos chorar. Homem não chora. Mas por que homem não chora?
Porque o para o universo machista e masculino, o fato de chorar demonstra fraqueza e fragilidade e isso são coisas de mulher e não de homem... é mole?
Chorar significa que existe sentimento, alma, coração e sinceridade dentro de um ser, seja ele homem ou mulher.
E vão crescendo e perturbando as meninas, puxando a alça do sutiã e soltando, ao invés de dar um beijo e dizer o quanto gosta.
Um dos grandes problemas dos homens é quando eles tornam-se adolescentes. Começa a fase “cachorro-louco”, “lobo uivante”, “predador destemido”. Nesta fase, os homens são encorajados a “comer” e “pegar” todas as menininhas. Os pais até dizem (mais o pai): guardem suas ovelhas, porque meu lobo está solto... e todos os outros pais barrigudos caem na gargalhada.
Na adolescência, os homens aprendem uma arte que irá acompanhá-los o resto de suas vidas; a arte da mentira, da dissimulação. Para conseguir “abater a lebre”, eles prometem e juram somente para a menina acreditar e eles conseguirem... não é? Filhos da puta!!!
Os homens na adolescência enchem a cara de álcool, fumam por auto-afirmação, andam em bandos, vestem-se iguais dizem que todos os atores e cantores são viados. As meninas acham os artistas bonitinhos, lindos...
O homem não aprende na adolescência e continua sem saber na fase adulta: fazer amor. Como sempre aprenderam a “comer”, nunca ninguém contou a eles, que melhor do que o gozo é fazer a mulher atingir o orgasmo.
O homem na cama é uma lástima. Tenho pena da “classe”. O homem acha que é uma “britadeira” furando o asfalto, ou um socador de pilão sem parar. Não levam 3 minutos para gozarem (precocemente), enquanto as mulheres ainda nem acenderam. Os homens são tratores agrícolase as mulheres são carros de fórmula 1 (eita comparação masculina). As mulheres possuem tantos detalhes, tantos mistérios, tantos “botões” a serem ligados, que os homens não percebem que não realizaram algo, apenas interromperam. Gozar em 3 minutos é largar algo que nunca começou.
Preliminares? Sem chance!!!!!!
Difícil é o homem perceber o clima, o tom da voz rouca e quase guardada, o carinho, a força de um abraço, de um beijo, de um aperto no braço feminino com mãos severas... isso serve de lenha que alimenta o fogo feminino e que faz a labareda tomar conta de todo o ambiente.
Bom, felizmente ou infelizmente, o homem “arruma” uma mulher para casar e casa mesmo. É necessário esclarecer que, apesar de casado, o homem não muda, aliás, muitos pioram. Os homens acham que o casamento é a senzala da mulher e que fazendo um filho, a “infeliz” ficará atrás dele para sempre, mesmo ele fazendo o que quer. Tenha a santa paciência!!!
O homem casado se torna babão! Isso mesmo: BABÃO! Nunca teve competência para realizar a sua mulher, mas ele se acha o máximo e diz que a mulher é a culpada...
Então, o que o homem faz?
Arruma uma amante!
Nesse instante, além de incompetente, ele se torna mal caráter com suas desculpas idiotas, imbecis e infantis. Desvia o dinheiro da família e do seu lar para a farra com a outra. Vejam bem, eu não estou condenando a outra. Também não vou ficar criando devaneios sobre, mas certamente, para a amante, o canalha disse as seguintes frases:
1 – Não estou bem com ela (esposa);
2 – Praticamente não temos mais sexo;
3 – Somos mais amigos do que casal;
4 – É questão de tempo a separação;
5 – Ainda não separei, porque meu filho é pequeno;
6 – Depois do nosso filho ela engordou e não se cuida;
7 – Ela reclama de tudo que eu faço;
8 – Além dela, a família também me irrita...
E por aí vai ...

E assim, o ser “homem” mantém a amante e a mulher, até que um dia a esposa descobre. Ela já está cansada de tudo e pede o divórcio.
A amante acaba sendo abandonada, porque ele não a queria de verdade. Aliás, ele cometia os mesmos erros com a amante, mas a amante estava iludida.

Nada pior do que homem “abandonado”... tadinho... Ele veste a máscara da inocência e acaba por convencer a todos que, a antiga esposa é que estava errada.
Medíocre!

Esse texto trata dos homens em linhas gerais e claro que há exceções. Conheço homens verdadeiros e honrados, mas a maioria da classe está fadada ao fracasso.

Mulher deve ser, além de bem tratada, bem “atendida”.
O homem só existe, quando há uma mulher por trás.

14 comentários:

::.Lua.:: disse...

.vixe.
.senti até calafrios lendo seu texto.
.acho, que como todos, vc já sabe que me caso m~es que vem.
.nossa, meu futuro marido é tão bom copmigo, tão diferente... será que ele seria capaz????
.deu medo.
.por favos, deseje-me sorte!!!!!

.karol holzer.
http://umatequilaporfavor.zip.net

Kari disse...

Muito bom! Porque não dizer, perfeito em? Adorei!

O começo do texto me fez lembrar uma frase do livro "a menina que roubava livros", onde ela diz que não tem nada pior do que um adolescente apaixonado. Apesar de ficar carinhoso e legal, ele fica chato e pega no pé.

Olha, eu discordo quando dizem que as mulheres são confusas e complicadas. Não somos! Somos fáceis de agradar, de conquistar e de convencer. Os homens é que são uns idiotas e não sabem como fazer nada disso...

Um beijão pra tu
Kari

*¢£@üD!NhA''' disse...

Saudações!

Permita minha intromissão e conquista por suas palavras...
Bem ditas em tal caso demostraram a falta de confiança que as pessoas possuem em si próprias e semeiam em geração por falta de argumentação e questionamento próprio; gerando padrões falidos temos falta de aceitação e o caos imperando na soberania de certos que errados fizeram uma história perseverar. O tempo faz ilusão forte de força e realidade; tanto que ele passa, e se confunde até mais.

Belo espaço! Espero visitas recíprocas! ;)

Cuide-se!

carolina; disse...

olha, foi tão divertido ler esse texto. até porque todos os garotos com quem convivo, são da fase cachorro louco e isso me irrita completamente.
acho que por isso, me diferencio das outras meninas... sabe-se lá!
abraços.

Adriano Veríssimo disse...

Meu caro amigo Bloguiano (se assim posso chamar..rs)...

Feliz de vê-lo eu meu espaço...

E concordo exatamente com isso, pra que o medo? O Medo é a Armadilha da indecisão.

E o pior de todos os questionamentos, é: por que o medo existe? Para ter alguns corajosos e outros fracos/medrosos? Assim começa a grande diferença da sociedade. Fomos postos nessa terra para lutar e dominar tudo que nesa existe. Mas pergunto: Quem faz isso? O Medo tomou conta, mesmo inconscientemente...

E isso é uma pena...

Forte abraço!

...e tenha um ótimo Feriado!

= )

Micha Descontrolada disse...

Arrasou nessa!!!
pior q é verdade, mas sabe q tdo é da criação? como vc mesmo disse dos pais..ridículos por sinal.
o meu namorado não é assim, graças a Deus, por isso vamos casar, mas já conheci mtos tipinhos assim....e já chorei por alguns deles.. q lástima.

beijossssss

Reticências disse...

Um texto assim, escrito por um Homem, lava a alma de qualquer mulher que, invariavelmente vai cruzar com um tipo deles. Ou pior, criar alguém assim. No fim das contas tenho compaixão por eles. Porque nunca viverão a vida em plenitude, enqto se escondem atrás de estereótipos.

Fechar os olhos e enxergar mais. É mais ou menos o que eu sinto também.

Bjo

carolina; disse...

adorei aqui. sempre aparecerei ok! espero por um próximo post.
abraços!

Menina Lunar disse...

Muito bom!! Melhor ainda é saber que foi um homem quem escreveu isso, dessa forma a classe masculina não está totalmente perdida! [rsrsrsrs]

Deu vontade de imprimir esse texto e sair distribuindo pela rua, e conscientizar um pouco a sociedade.

=D

Beijo!!

Krika Muniz disse...

Alexandre...sempre que venho aqui me surpreendo com sua escrita fácil e gostosa, concordo com vc existem "homens" e "Homens"... pena que nós mulheres uma vez ou outra embarcamos em canoas amorosas furadas... rssss... normal... adorei o texto como sempre...
P.S.: Sim a vida é corrida... tem semanas que a vontade era virar monge budista e largar tudo... mais ai escuto as vozes chamando maãaaeeeee!!!...e volto a realidade...
E não há nada a ser perdoado... mi casa su casa... sinta-se sempre a vontade lá... entre sem bater sempre que quiser... sinto-me honrada com suas visitas... um grande beijo querido!!!

Palavras de um mundo incerto disse...

Amigo,
Estive sem ter comentar no seu e nos outros blogs que visito. Estou de volta e me concentrarei para dar uma boa interpretação a respeito de seus belos textos.

Abs!

Marcos Ster

Palavras de um mundo incerto disse...

Amigo,
Belo, maravilhoso e infelizmente o retrato da pura imbecibilidade de "homens" que imaginam serem homens. Alexandre, Não nego que quando adolescente eu era um idiota, que pensava somente no sexo e que ficava atrás das gurias. Neste momento sou um outro ser. Tenho uma visão de respeito e admiração pelas gurias. Não sou perfeito, mas ando cuidando de cada detalhe para cuidar de minha guria como um verdadeiro homem.
Tenho 22 anos e tenho muito o que aprender.


ABS E UM BOM FINDE!

Marcos Ster

Luciana * disse...

PERFEITO! não tenho outra palavra.

e olha, pode ser puro feminismo, mas isso é bem mesmo laia masculina mesmo, principalmente a parte do 'mijar'... palavrinha mais horrorosa essa, eu hein, ahaiuhuah.
No entanto, "Na adolescência, os homens aprendem uma arte que irá acompanhá-los o resto de suas vidas; a arte da mentira, da dissimulação." Não são só vocêêêês, acredite!
ahahahaha

:}

ronald serafim disse...

gostei do texto, esse tipo d homem q soh qrem saber d comer e pegar as meninas merecem morrer...

soh axo q deveria tirar o xingamento "FILHO DA PUTA" pq axo q estara xingando a mae deles q alias sao mulheres tbm...coloke disgraçado, lazarento etc... + nada q xigue a mae...

vlw e + uma vez gostei mto do texto, foi mto bem escrito...